E sabia que?

Só na Europa, a resposta a três requisitos para códigos de barras (específicos de cada país) pode custar a um produtor farmacêutico 38 milhões de euros por ano. (Fonte: EFPIA)