Comunidade de Transportes & Logística reuniu pela primeira vez

“Eficiência na movimentação”, podia ter sido esta a designação da primeira reunião que reuniu 16 empresas em torno das boas práticas no setor dos Transportes & Logística. Esta é a primeira sessão de uma Comunidade lançada em Dezembro de 2016 (ver notícia) que pretende alinhar os vários agentes deste setor através da Linguagem Global dos Negócios: os Standards GS1. A reunião teve lugar no dia 31 de Janeiro, entre as 14h30 e as 18h00, na Sede da GS1 Portugal.

Filipe Esteves, Gestor Sénior de Desenvolvimento de Negócio GS1 Portugal, abriu a primeira reunião da Comunidade Local de T&L, com a apresentação da agenda de trabalhos. Jaco Voorspuij, Senior Manager Transport & Logistics da GS1 Global Office, foi o primeiro orador convidado para partilhar a sua experiência e know-how, adquiridos ao longo da sua carreira. Enquanto Senior Manager Transport & Logistics da GS1 Global Office, Jaco apresentou os benefícios da utilização de Standards Globais adaptados às necessidades e especificidades de um setor determinante e transversais às diferentes cadeias de valor: Transportes & Logística.

Seguiu-se a apresentação “Mix Move Match”, que demonstrou as eficiências no controlo e segurança da movimentação da carga e partilha de hub’s dos navios nos diferentes portos, através da utilização dos Standards GS. Artur Alves, Managing Director da Marlo, juntou-se a Jaco Voorspuij para dar a conhecer um caso real numa empresa que já utiliza os Standards GS1.

Nuno Azevedo, foi o orador seguinte. O Diretor de Inovação & Tecnologia da GS1 Portugal trouxe até à comunidade um dos temas mais relevantes do momento: a qualidade dos dados. A sincronização de dados nas Cadeias de Abastecimento do Futuro foi o mote para uma conversa sobre a importância da informação de qualidade, completa e correta, partilhada ao longo das cadeia de valor e acedida por todos os agentes.

Após um coffee break, momento que serviu para troca de experiências entre os participantes, Filipe Esteves abriu a sessão de trabalho aos participantes com dois principais pontos: 1. Identificação e discussão de necessidade/oportunidades do setor; 2. Decisão sobre projetos futuros. Desta partilha resultaram alguns tópicos que vão ajudar a delinear as próximas sessões: (1) Projetos de sincronização de dados e (2) Possibilidade de aplicação do Mix Move Match em Portugal.

Recorde-se que a Comunidade Local T&L foi lançada em Dezembro de 2016, pela GS1 Portugal, com o objetivo de promover a partilha de experiências e estabelecer as melhores práticas para as operações em território nacional. A próxima reunião está já agendada para o dia 2 de Maio.