Contagem decrescente: Centro de Inovação e Competitividade da GS1 Portugal abre portas em novembro

Está a nascer o primeiro centro interpretativo das cadeias de valor em Portugal. Falamos do Centro de Inovação e Competitividade (CIC) que será, simultaneamente, a nova casa da equipa da GS1 Portugal. Dia após dia, o edifício K3 – situado no Parque Tecnológico do Lumiar – está a ganhar forma. O passado mês de Maio ficou marcado pela ascensão das primeiras placas de VHILS, o artista convidado para dar vida à fachada do centro que promete uma verdadeira experiência de imersão na, também, arte de identificar, capturar e partilhar através dos Standards GS1.

Depois de lançada a primeira pedra, no final de 2015, cada dia traz uma nova forma ao futuro centro expositivo do Sistema GS1. Um espaço inovador, moderno e dinâmico que vai permitir experienciar os benefícios dos standards globais do prado ao prato (ou do laboratório ao doente). Um espaço onde tecnologia, standards, cadeias de valor e a arte de VHILS se encontram.

O edifício vai integrar, no piso térreo, um centro expositivo de 450m2 para demonstração “ao vivo e a cores” do funcionamento e dos benefícios dos standards globais aplicados aos processos comerciais e logísticos do dia-a-dia das empresas. O segundo piso irá acolher os novos escritórios da equipa GS1 Portugal.

Os Standards GS1 e a cadeia de abastecimento vão ficar em “exibição permanente” no centro expositivo, aberto a todos os associados.

O centro de Inovação e Competitividade tem a assinatura do arquiteto Pedro Appleton e da Promontorio, estando a empreitada a cargo da empresa Novo Interior, do Grupo Jones Lang Lassale.

QRCODE_CICAcompanhe aqui a evolução da obra