Centro de dados da GS1 Portugal atinge um milhão de produtos registados

A plataforma Sync PT, que agrega os dados dos ‘bilhetes de identidade’ de parte significativa dos produtos que circulam no mercado nacional, atingiu o marco histórico de um milhão de produtos registados.

A Sync PT foi criada pela GS1 Portugal em 2014, como solução tecnológica de apoio à comunidade empresarial portuguesa. À data, as empresas nacionais a operar no setor alimentar, produtores e retalhistas, tiveram de se adaptar aos requisitos do Regulamento 1169 / 2011, do Parlamento e do Conselho Europeu, relativo à prestação de informação aos consumidores sobre produtos alimentares, em particular como instrumento de capacitação para a digitalização da sua atividade, garantindo a omnicanalidade pela viabilidade do e-commerce. A plataforma evoluiu, entretanto, para integrar novas categorias de produtos, registando um número record de produtos em novas categorias.

Os medicamentos sujeitos a receita médica (+ de 45.000 produtos) e as bebidas alcoólicas (+ de 15.606 produtos) foram as categorias que registaram maior crescimento no 1.º semestre de 2022. Outras categorias com acentuada tendência de crescimento são as de misturas e substâncias químicas, higiene e beleza, cozinha e cultura, medicamentos e dispositivos médicos

Segundo a GS1, é na Sync PT que os diferentes agentes – associados da GS1 Portugal – das cadeias de abastecimento podem acrescentar e complementar a informação associada aos seus produtos. «Os desenvolvimentos acrescentados nos últimos anos na plataforma permitem, para além da criação de um “bilhete de identidade” dos produtos, que oferece a interoperabilidade global de um conjunto fixo de atributos do produto (identificador único de bens comerciais, marca, descrição, imagem, categoria, peso líquido e país de venda) adicionar informação relativa a dados comerciais, regulamentares, de marketing, logísticos e imagens.» As novas funcionalidades permitem também a partilha destes dados com parceiros de negócio, a gestão autónoma da informação de produto e empresarial, assim como a criação e impressão dos códigos de barras e etiquetas logísticas. Estas funcionalidades estão disponíveis em tempo real, de acordo com os Standards GS1 e os requisitos regulamentares.

João de Castro Guimarães, Diretor-Executivo da GS1 Portugal, dá as boas-vindas à Herdade dos Grous, considerando a adesão como “um acréscimo de valor” ao programa. “A participação da Herdade dos Grous na iniciativa Lean & Green abre caminho para que um setor como o vitivinícola se torne mais sustentável, pela respetiva descarbonização das operações logísticas e de transportes, sem impacto na habitual marca de qualidade e diferenciação. Estamos muito satisfeitos com esta adesão e acreditamos que, em conjunto, iremos colaborar para que a Herdade dos Grous reforce o seu posicionamento enquanto empresa de referência no setor vitivinícola”.

O programa Lean & Green é uma iniciativa europeia representada nacionalmente pela GS1 Portugal desde 2019 e que tem como objetivo acrescentar um contributo relevante para a execução das metas definidas no Acordo de Paris, prevendo uma redução significativa da pegada carbónica empresarial e um contributo para a contenção do aumento da temperatura do planeta.

Veja as restantes notícias

Veja as restantes notícias