“Adoção de códigos de barras internacionais na Saúde ganha novo fulgor com a Diretiva dos Falsificados”, foi a tónica do debate da GS1 Portugal no Infarmed

Faltam menos de 3 anos para adoção de identificadores únicos, relembraram todos os oradores

Identificação única e global, interoperabilidade e… rastreabilidade, rastreabilidade, rastreabilidade. Foi esta a tónica dominante no III Seminário Internacional de Saúde – Standards ao Serviço da Segurança do Doente, sessão promovida pela GS1 Portugal e que decorreu esta quinta-feira, 23 de junho, no Infarmed. Reunindo os principais players e stakeholders da cadeia de valor da Saúde em Portugal, a sessão contou com mais de 70 participantes.

(Consultar versão integral do Comunicado de Imprensa em anexo)