Influenciadores digitais em Portugal

Quando falamos em redes sociais, torna-se incontornável falar de influenciadores digitais. Por esse motivo, é cada vez mais importante medir o real efeito destes “conselheiros de massas”.

Fonte: Marktest

A Marktest Consulting lançou recentemente o estudo Figuras Públicas e Digital Influencers 2019, que avaliou indicadores de notoriedade e empatia para um conjunto de 39 nomes de influenciadores digitais.


Um influenciador digital é um indivíduo – anónimo ou figura pública – que tem a capacidade, através da geração de conteúdos, de criar um efeito, alterar opiniões e/ou comportamentos alcançando resultados mensuráveis.


Mia Rose foi a personalidade que mais entrevistados neste estudo disseram conhecer, com 48.1% de notoriedade sugerida. A Pipoca Mais Doce (43.7%) e Bumba na Fofinha (42.1%) colocaram-se nas posições seguintes.

Notoriedade Sugerida de influenciadores digitais

(Base: totalidade de inquiridos)

 

Mia Rose | 48,1%

 

A Pipoca Mais Doce (Ana Garcia Martins) | 43,7%

 

Bumba na Fofinha (Mariana Cabral) | 42,1%

Fonte: Marktest Consulting, Figuras Públicas e Digital Influencers 2019

Embora a maioria dos inquiridos refira não ter o hábito de visitar ou seguir blogs ou vlogs, entre os que o costumam fazer os temas preferidos são o humor, o entretenimento e o lifestyle. O blog A Pipoca Mais Doce ­foi indicado de forma espontânea pelos inquiridos (sem sugestão de respostas) como o mais visitado.

Bernardo Almeida foi, pelo seu lado, o influenciador que obteve um maior grau de empatia/identificação, obtendo 7.39 pontos (numa escala de 1 a 10) junto dos entrevistados que referiram conhecê-lo. Alice Trewinnard e Sara Ferreira ocuparam as posições seguintes e 9 outros nomes registaram ainda um índice de identificação acima de 6.

Empatia com influenciadores digitais

(Base: indivíduos que referem conhecer cada uma das personalidades em análise)

 

Bernardo Almeida | 7.3

 

Alice Treiwinnard | 7.0

 

Sara Ferreira | 7.0

Fonte: Marktest Consulting, Figuras Públicas e Digital Influencers 2019

O estudo da Marktest Consulting apresenta ainda indicadores sobre a presença digital de figuras públicas. Cristiano Ronaldo e Cristina Ferreira são as figuras públicas que os portugueses mais reconhecem de forma espontânea.

Sem novidade, Cristiano Ronaldo lidera em número de fãs/seguidores em todas as redes sociais em que está presente, exceto no Youtube. O atleta tem aproximadamente 121 milhões de fãs no Facebook, 164 milhões de seguidores no Instagram, 78 milhões de seguidores no Twitter e 1,3 milhões de subscritores no Youtube, onde ocupa a sexta posição. Além de liderar em notoriedade espontânea, Cristiano Ronaldo lidera também o estudo na vertente de notoriedade total.

Já a apresentadora da SIC, Cristina Ferreira, surge com 43,1% de referências espontâneas. Cristina Ferreira é assim a primeira mulher da lista de figuras públicas com maior notoriedade espontânea e reconhecimento junto dos portugueses. O pódio deste ranking é ocupado por outro apresentador de televisão, Manuel Luís Goucha, da TVI, com 20,3% de referências.

No Youtube, a liderança pertence a Sirkazzio (Anthony Sousa), com mais de 5 milhões de subscritores, seguido de D4rkframe (António Luís Ramos), com 4,6 milhões de subscritores e Wuant (Filipe Morgado Borges), com 3,5 milhões.

Sara Sampaio, com 7,4 milhões de seguidores no Instagram e Fábio Coentrão, com 5,6 milhões de fãs no Facebook, também estão em destaque nas redes sociais, onde têm milhões de seguidores.

Área da música

A fadista Mariza é a figura pública da área da música de que os portugueses mais gostam.

Mariza foi o nome mais citado no estudo, com 15,1% de referências, seguida pela cantora Áurea, com 11,4% das referências totais. O Top3 deste ranking fica completo com o músico Rui Veloso, que foi o nome citado por 5,1% dos inquiridos.

Na restante análise segmentada a este estudo, destaca-se o facto de o vocalista dos Xutos & Pontapés, Tim, ter sido o terceiro músico mais citado pelos homens (5,5%), e de Tony Carreira ter ocupado o mesmo terceiro lugar entre as preferências das mulheres, também com 5,5% das referências totais.

António Zambujo surge também como o terceiro nome mais citado pelos portugueses na faixa etária entre os 55 e os 64 anos, com 7,7% das referências, atrás de Mariza (16,4%) e de Rui Veloso (11,8%).

Honestidade e credibilidade

Para participar em campanhas publicitárias ou de sensibilização social, uma figura pública deve ser honesta e credível – é a opinião dos entrevistados no novo estudo da Marktest Consulting, Figuras Públicas e Digital Influencers.

Quando questionados sobre os atributos ou características pessoais que uma figura pública deve possuir para participar em campanhas publicitárias ou de sensibilização social, a honestidade e a credibilidade foram consideradas as mais importantes pelos entrevistados no estudo Figuras Públicas e Digital Influencers da Marktest Consulting.

Numa escala de 1 (nada importante) a 10 (muito importante), ambos os atributos obtiveram uma classificação média de 8.85. Um valor aproximado foi registado pelo atributo simpatia, seguido de competência.

Pelo contrário, a juventude e a beleza foram os atributos menos valorizados para a participação de figuras públicas em publicidade.

Figuras Públicas e Digital Influencers é um estudo realizado pela Marktest Consulting sobre a opinião dos portugueses relativamente às figuras públicas nacionais e uma análise à sua presença digital.

O estudo permite conhecer a imagem que os portugueses têm das figuras públicas nacionais, a sua opinião acerca das principais características destas personalidades e a sua associação à publicidade. Integra ainda informação sobre a sua presença digital (redes sociais e blogs). O estudo analisa também indicadores de notoriedade e empatia com Blogs, Vlogs, Bloggers, Instagrammers ou Youtubers.

A amostra foi constituída por 1201 entrevistas, representativa da população portuguesa, considerando género, idade e região, e recolha online através de um questionário de autopreenchimento, entre os dias 1 e 25 de fevereiro de 2019.