Os consumidores confiam nas informações do seu produto? Por que motivo as marcas precisam ir além do rótulo

No mundo omnicanal de hoje, os consumidores querem mais informações – do que as fornecidas nos rótulos, sobre os produtos de Bens de Grande Consumo (FMCG). O canal online é o espaço perfeito para as marcas disponibilizarem a informação detalhada do produto que os consumidores procuram. O conteúdo interativo nas páginas do produto (como vídeos, tabelas, zoom de etiquetas de produto) está a tornar-se mais essencial que nunca para estabelecer e manter a confiança entre consumidores e marcas.

O que querem os consumidores?

Os dados do inquérito da NielsenIQ mostram que 79% dos consumidores de FMCG estão interessados em saber mais do que o exposto no rótulo de um produto. Querem saber se os produtos contêm alergénios específicos, aderir a certificações ou alinhar-se com valores como o bem-estar dos animais, o comércio justo e as práticas laborais.

Além disso, 72% dos compradores seriam mais propensos a comprar produtos com informações aprofundadas e, mais de metade estaria disposto a pagar mais por um produto que fornecesse estas informações adicionais. 

Simplificando: quanto mais informação online sobre os produtos as marcas puderem fornecer, melhor. 

O que acontece quando as marcas não vão além do rótulo?

Quanto menos informação uma marca fornece para além do seu rótulo, menos confiança ganham com os consumidores. Isto leva a uma menor fidelização e a conversões e vendas mais baixas. Estudos mostram uma forte ligação entre a informação melhorada do produto e a confiança dos compradores.

Mas que informação, especificamente, é que o moderno consumidor omnicanal procura?

O tema da sustentabilidade tem dominado a conversa de retalho de mercearia, desde destaques comerciais até aos palcos dos maiores eventos de retalho.

Esta conversa é impulsionada por uma crescente consciência ambiental e comunitária entre os consumidores. De facto, 69% dos compradores estão interessados em aprender mais sobre as credenciais de sustentabilidade de um produto. As marcas que apenas oferecem informações padrão, nutricionais e de marketing perderão quota de mercado para aqueles que comunicam claramente como os seus produtos contribuem para um mundo melhor. 

Nas categorias de retalho, os dados da NieslenIQ constatam que, no geral, as marcas só vêem impactos positivos nas vendas e conversões depois de melhorarem a disponibilidade de informação sobre o produto. Apenas 2% das empresas em todo o mundo reportam impactos negativos. Por outras palavras, as marcas têm pouco a perder e muito a ganhar sendo transparentes através da informação do produto. 

O que podem as marcas fazer para ganhar confiança?

Atualmente, a falta de transparência em torno da sustentabilidade deixará os consumidores a preencher lacunas e, na pior das hipóteses, assumir que uma marca tem algo a esconder. Além disso, estudos mostram que se os consumidores não conseguem encontrar a informação desejada de uma marca, estão dispostos a encontrar uma alternativa. 

A mensagem-chave para as marcas de FMCG: os consumidores querem mais informação, e querem que seja fácil de aceder e entender. Melhorar o conteúdo do produto com funcionalidades visuais como GIFs, fotos de estilo de vida e vídeos de produtos, é um ótimo ponto de partida.

Artigo completo disponível em https://nielseniq.com/global/en/insights/education/2022/brandbank-do-shoppers-trust-your-product-information-why-brands-need-to-go-beyond-the-label/