Prática de reciclagem com valor máximo

Os dados do estudo TGI da Marktest mostram que o número de portugueses que mencionam fazer reciclagem atingiu um valor record.

Fonte: Marktest

O estudo TGI da Marktest quantifica, na vaga global de 2021, em 7 milhões e 183 mil o número de indivíduos que referem ter recorrido à prática da reciclagem nos últimos 12 meses, o que representa 83.9% dos residentes no Continente com 15 e mais anos.

Este é o valor mais elevado desde que acompanhamos este indicador:

Gráfico informativo

Sendo um hábito tão disseminado na população, não se evidenciam diferenças significativas de comportamento, embora os homens, os indivíduos entre 55 e 64 anos, os residentes no Grande Porto ou os indivíduos das classes mais altas apresentem uma taxa superior à média.

Os dados do TGI mostram ainda que os materiais mais reciclados são o papel e o cartão (96.8% dos que reciclam), seguido do plástico (94.6% dos que reciclam) e do vidro (94.1% dos que reciclam).

Os dados e análises apresentadas fazem parte do estudo TGI, propriedade intelectual da Kantar Media, e do qual a Marktest detém a licença de exploração em Portugal, é um estudo único que num mesmo momento recolhe informação para 17 grandes sectores de mercado, 280 categorias de produtos e serviços e mais de 3000 marcas proporcionando assim um conhecimento aprofundado sobre os portugueses e face aos seus consumosmarcashobbiesLifestyle e consumo de meios.

Presente em mais de 60 países nos 5 Continentes, o TGI poderá ainda caracterizar mercados internacionais com vista ao conhecimento dos consumidores além fronteiras.

Contacte a Marktest para mais informações sobre este assunto.