Reckitt e Rede Claro debatem “níveis de serviço: do laboratório à farmácia”

No âmbito do evento de apresentação das conclusões da 7.ª Edição do Benchmarking Saúde, no dia 22 de novembro, representantes da Reckitt e da Rede Claro destacaram a importância da colaboração, no âmbito do Painel Debate sobre “níveis de serviço: do laboratório à farmácia”.

Num momento de partilha previsto no evento de apresentação das conclusões da 7.ª Edição do Benchmarking Saúde, com moderação de Maria João Amaral, Gestora de Estudo de Níveis de Serviço na GS1 Portugal, João Teixeira, Head of Sales Pharma da Reckitt, e Pedro Vasques, CEO da Rede Claro, deram testemunho daquela que é uma parceria bem-sucedida, como as conclusões do referido estudo.

Numa conversa em que a palavra-chave foi “colaboração” entre os diferentes players. Pedro Vasques afirmou que “o estudo da GS1 Portugal permite encontrar um campo neutro em que as organizações estão em igualdade”. O CEO da Rede Claro acrescentou ainda que o Benchmarking Saúde permite estabelecer objetivos e funciona como incentivo para que as equipas trabalhem no sentido de os cumprir. Já João Teixeira sublinhou que “este estudo é muito importante na estratégia de desenvolvimento [da Reckitt], porque permite encontrar as melhores soluções.”. No sentido da melhoria, explicou ainda que, além de ser crucial perceber quais as métricas mais valorizadas pelos parceiros e colegas, é importante promover um ambiente competitivo, porque só assim é possível inovar cada vez mais.

A totalidade das intervenções dos participantes está disponível em https://www.youtube.com/watch?v=qvP0GRHxxbY. Para questões sobre as conclusões do Benchmarking Saúde a equipa de estudos de níveis e serviço da GS1 Portugal está disponível em benchmarking@gs1pt.org.