Serviços digitais da GS1 Portugal certificados a nível mundial

Registo Nacional de Códigos (RNC) e Sync PT

A GS1 Portugal dá mais um passo na garantia da qualidade dos dados com a certificação global das suas plataformas digitais: RNC e Sync PT. A certificação foi conseguida após desenvolvimentos que tinham como objetivo aumentar a fiabilidade dos dados a nível global e simplificar a atribuição de códigos de produto GS1 (GTIN). A implementação será feita até ao final do ano.

Garantir a qualidade e fiabilidade dos dados é uma das prioridades da GS1, nacional e internacionalmente. Seguindo este pressuposto, a GS1 lançou um projeto à escala mundial, desafiando as organizações-membro a simplificarem o processo de atribuição de Standards com a adaptação e ou desenvolvimento de ferramentas digitais, designado Activate. Esta solução vai permitir aos fornecedores carregarem diretamente a informação online, gerando o código do produto de forma automática e em tempo real, e disponibilizando os dados para todo o mundo através de uma base de dados única.

OBJETIVOS DO ACTIVATE

  1. Facilitar obtenção de GTINs;

  2. Partilhar informação de produtos para todo o mundo com alta qualidade dos dados;

  3. Assegurar um nível mínimo de serviço global e consistente.

 

Dado o trabalho desenvolvido na área digital, com especial enfoque na qualidade dos dados, a GS1 Portugal foi convidada a integrar a segunda vaga de implementação, com data de concretização em dezembro de 2020. Um desafio aceite que conduziu a diversos desenvolvimentos nas plataformas digitais já existentes (ver caixa abaixo) de forma a responder aos requisitos globais.

No caso da plataforma RNC, os desenvolvimentos permitiram a conceção de um local único para criação de códigos, a ligação a plataforma global de dados GS1 Global Registry e melhorar a qualidade dos dados.  A decorrer está a avaliação da qualidade de dados (data review) e a seleção de empresas para a fase piloto.

O processo teve início em janeiro de 2020 e foi composto por três fases: (1) autoavaliação – decidindo-se avançar com desenvolvimentos, ao invés da criação de uma nova plataforma; (2) revisão e (3) implementação.

Este processo inclui a certificação do RNC realizada por uma entidade internacional independente. De salientar que a certificação, inicialmente prevista para setembro, foi obtida a 28 de maio.

Já no caso da Sync PT, o trabalho desenvolvido permitiu simplificar a plataforma originando uma solução adaptada ao e-commerce e conectada com as plataformas congéneres a nível mundial.

A certificação teve início a 13 de abril. O trabalho exigente, que implicou a coordenação entre três fusos horários (Portugal, Estados Unidos e Filipinas) e mais de 2400 testes, foi concluído com sucesso a 9 de junho, igualmente realizado por uma entidade internacional isenta.

De salientar que A GS1 Portugal detém o controlo e o capital intelectual de ambas as plataformas.


Serviço para a sincronização da informação dos produtos entre parceiros de negócio. Retalhistas e distribuidores sincronizam os dados comerciais, nutricionais, de marketing e logísticos dos produtos disponíveis para venda. Esta plataforma permite que a sincronização de dados aconteça de forma global e em tempo real, sempre de acordo com os Standards GS1 e os requisitos regulamentares. Os desenvolvimentos recentes permitem simplificar o e-commerce das empresas aderentes.
O Registo Nacional de Códigos permite gerir o portefólio de códigos da sua empresa. Numa única plataforma, é possível criar, gerir e imprimir códigos de barras GS1. Permite ainda a gestão da informação base dos seus produtos.